Posts Tagged ‘Oiapoque’

Iepé promove lançamento do livro “O lago Maruane” na aldeia Kumarumã, Terra Indígena Uaçá

No dia 22 de novembro de 2017, na Escola Indígena Estadual Camilo Narciso da aldeia Kumarumã (TI Uaçá), foi lançado o livro “O lago Maruane: conhecimentos tradicionais dos Galibi Marworno”, organizado pelo professor indígena Davi Felisberto dos Santos e fruto da parceria entre a Organização Indígena da Aldeia Kumarumã (OINAK) e o Iepé – Instituto de Pesquisa e Formação Indígena.

O livro reúne os saberes do povo Galibi Marworno a respeito de um lugar de referência em seu território: o Lago Maruane. Um lugar cheio de histórias e mistérios, um ponto estratégico que marca um dos limites da Terra Indígena Uaçá e uma fonte importante de recursos para as comunidades no seu entorno. Apresenta-se, no livro, uma paisagem composta pelas histórias contadas pelos mais velhos e pelos desenhos dos mais jovens, trazendo também a visão dos agentes socioambientais indígenas, a partir do intercâmbio realizado no Lago Maruane no âmbito do projeto “Paisagens socioculturais: reconhecendo o Lago Maruane”, a partir do edital do Projeto GATI/FUNAI e o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

Leia mais ...

Acompanhamento dos agentes socioambientais (AGAMIN) nas Terras Indígenas do Oiapoque

Durante o mês de outubro de 2017 foi realizado o acompanhamento do trabalho de 38 agentes ambientais indígenas (AGAMIN) nas cinco regiões das terras indígenas do Oiapoque, buscando assessorar a realização das atividades do curso de formação nas aldeias. A Formação dos Agentes Socioambientais Indígenas está baseada na perspectiva da alternância, dividida entre as etapas presenciais, com módulos das disciplinas no Centro de Formação, e as atividades de dispersão nas aldeias. No acompanhamento, foram realizados encontros coletivos de revisão das temáticas do curso, reuniões informativas nas comunidades, atendimentos individuais sobre o andamento das pesquisas dos estudantes, expedições de coleta de quelônios e oficinas de metodologia de pesquisa.

Leia mais ...

Povos Indígenas participam da 9ª edição do Curso Diálogos Agroecológicos na Embrapa em Brasília

Entre os dias 18 e 23 de setembro, aconteceu nas diversas unidades da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, sede em Brasília), o curso Diálogos Agroecológicos, integrando a segunda etapa do intercâmbio planejado dentro do Programa de Formação de Jovens e Lideranças em Gestão Territorial e Ambiental, em curso no Complexo Tumucumaque, com apoio do Fundo Amazônia/BNDES.

O curso contou com 30 participantes, representantes de povos Karib (Apalai, Akuriyó, Katxuyana, Txikiyana, Tiriyó, Wayana, dentre outros). Além destes jovens, lideranças e caciques da TI Parque do Tumucumaque e TI Rio Paru d’Este, situadas no norte do Pará e divisa com Amapá, também participaram do cruso dois jovens da TI Uaçá, localizada no Oiapoque, norte do Amapá, bem como assessores indigenistas antropólogos e agrônomos do Iepé. Os dois agentes socioambientais indígenas do Oiapoque compartilharam a importante experiência que têm tido em parceria com a Embrapa no Amapá, através do Projeto ABC, considerando a participação nos diálogos em Brasília como uma possibilidade para estreitar os laços com a instituição e pensar em projetos futuros.

Leia mais ...

Intercâmbio entre Planos de Vida: Povos Indígenas do Complexo Tumucumaque trocam experiências com os Povos Indígenas do Oiapoque

Foto: Aldeia Ahumã, TI Uaçá

 

O intercâmbio aconteceu entre os dias 11 e 16 de setembro nas TIs Uaçá, Galibi e Juminã, dos povos indígenas do Oiapoque, e envolveu 21 participantes, representantes dos povos Karib (Apalai, Akuriyo, Katxuyana, Txikiyana, Tiriyó, Wayana, dentre outros) das Terras Indigenas Parque do Tumucumaque e Rio Paru d’Este, situadas no norte do Pará e divisa com Amapá. Planejado dentro do Programa de Formação de Jovens e Lideranças em Gestão Territorial e Ambiental, em curso no Complexo Tumucumaque, com apoio do Fundo Amazônia/BNDES, o intercâmbio teve como tema principal a troca de informações e experiências sobre os Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA) atualmente sendo implementados tanto no Oiapoque, quando no Tumucumaque.

Leia mais ...

“O futuro é isso que estamos fazendo hoje”: IV Encontro dos Jovens Indígenas do Oiapoque acontece na aldeia Kumenê

Durante os dias 08, 09 e 10 de junho de 2017, mais de 150 jovens dos povos Karipuna, Galibi Marworno, Palikur e Galibi Kali’na reuniram-se na aldeia palikur do Kumenê (Terra Indígena Uaçá) para debater a posição dos jovens indígenas, sua relação com o mundo não indígena e seu envolvimento na gestão socioambiental das suas terras. Foram discutidas temáticas relacionadas ao movimento indígena, aos direitos e políticas diferenciadas para os povos indígenas e ao futuro dos seus povos e terras indígenas frente ao negativo cenário atual. Além do coordenador do Conselho dos Caciques dos Povos Indígenas do Oiapoque (CCPIO), Gilberto Iaparrá, e dos caciques, Josieldo Labontê Orlando, Henrique Leôncio, Lindacir dos Santos, Josimar Forte e Edimar dos Santos, do vereador indígena Matias Labontê, e da liderança das mulheres Galibi Marworno Elza dos Santos Figueiredo, o encontro contou com a participação das professoras indígenas da Universidade Federal do Amapá, Rosilene Tuxá e Claudiane Menezes, assim como dos representantes da FUNAI, Paulo Artur dos Santos Negreiros (coordenador regional), Moahra Fagundes, Afonso de Jesus Rodrigues, Gregório Lod e Haroldo dos Santos, e do Iepé, Rita B. Lewkowicz e Gina Marcela Feitosa.

Leia mais ...

Login Form