Projeto “Artesanato Zo’é: saberes e tecnologias relacionando mundos”

Entre setembro de 2013 e fevereiro de 2014 o Iepé desenvolveu, em parceria com a Frente de Proteção Etnoambiental Cuminapanema/ Funai e apoio da Caixa Econômica Federal o projeto “Artesanato Zo’é: saberes e tecnologias relacionando mundos”.  Aprovado pelo Edital Programa Caixa de Apoio ao Artesanato Brasileiro, o projeto permitiu promover a dinamização da produção e a gestão participativa na comercialização do artesanato Zo’é por meio do alcance de quatro metas principais:

  • Estimular a transmissão de conhecimentos relacionados à fabricação e decoração de artefatos e adornos culturais, que envolve formas de manejo de recursos florestais, bem como saberes cosmológicos inscritos na seleção das matérias primas, na decoração e formas de uso dos objetos;
  • Divulgar a riqueza da cultura material e imaterial do povo Zo’é por meio de uma documentação sistemática que permita produzir materiais de difusão indispensáveis para a apresentação e comercialização das peças;
  • Organizar e implantar um Fundo de Artesanato Zo’é (FAZ) de forma participativa e com engajamento de todas as aldeias, que permita a gestão direta da comunidade e beneficie as famílias interessadas na produção de artesanato;
  • Garantir a qualidade do artesanato produzido para a venda,considerando aspectos não apenas culturais, mas também ambientais, valorizando o manejo tradicional dos Zo’é para o controle do uso das matérias primas.

Relatório Final - FAZ_CAIXA_dez_2013Para satisfazer tais metas, foram realizadas atividades como:

  • Oficinas para fomentar a participação e capacitação dos Zo’é na gestão do Fundo de artesanato, que contaram com a participação de representantes de todas as 11 aldeias, incluindo artesãos, lideranças e jovens engajados no aprendizado de técnicas tradicionais;
  • Implantação, na Terra Indígena Zo’é, do espaço para funcionamento do FAZ, que será construído com participação ativa dos índios;
  • Oficinas de transmissão de saberes e documentação, incluindo atividades para a confecção artesanal de cerâmica, fibras e madeira, bem como a capacitação dos Zo’é no uso de equipamentos de registro e arquivamento da documentação;
  • Produção de materiais de divulgação, dentre os quais um folder, banners, web site, além da elaboração de matérias a serem publicadas nos sites das instituições parceiras;
  • Consolidação da documentação relacionada à produção artesanal Zo’é, reunindo fotos, vídeos, textos, mapas e depoimentos elaborados, disponibilizados às  comunidades por meio de DVDs e materiais impressos.

Relatório Final - FAZ_CAIXA_dez_2013-2

O FUNDO DE ARTESANATO ZO’É

O Fundo de Artesanato Zo’é – FAZ tem um duplo objetivo. Por um lado deverá  constituir-se uma fonte de geração de renda que facilite a obtenção de determinadas mercadorias desejadas pelos Zo’é. Por outro, permitirá estreitar a relação entre os Zo’é e a Funai, reforçando a compreensão dos Zo’é de sua relação com o Estado e minimizando as frequentes evasões dos Zo’é para o entorno da TI, onde vêm estabelecendo relações conturbadas em sua história recente.

Folder Reduzido Artesantato Proj Caixa_Iepé jan 2014_Page_1

A CASA DOS MAPAS

Na década de 90 os Zo’é iniciaram um processo de elaboração de mapas para a identificação de seu território que deveriam subsidiar a demarcação dos limites de sua terra. Além de cumprir com este objetivo, os mapas passaram a também constituir uma forma de representação das interpretações resultantes da sua interlocução deste povo com o mundo não-Zo’é, com o qual vinham intensificando o contato.  Além dos mapas, o contexto interétnico vivido pelos Zo’é em resposta à sua relação com os não-índios e outros povos indígenas vizinhos também fomentou a realização de outras iniciativas, como o letramento, cuja proposta de programa está em discussão. A Casa dos Mapas, que ocupará uma sala na mesma sede do FAZ, além de reunir mapas já produzidos, contendo informações sobre o território, sua ocupação, focos de invasão, etc, também será espaço para a elaboração de novos mapas e de outras ferramentas que podem constituir instrumentos para revelar importantes aspectos da dinâmica social deste povo.

image10

Casa dos Mapas

Realização:

funaip-zoe1.logo-IEPÉ

Apoio:

caixagoverno

Login Form