O Livro da Argila, Ëliwë Pampila, Orino Papeh

Lucia Hussak van Velthem e Iori Leonel Linke (org.), 2017

Fruto do engajamento de mulheres wayana e aparai em ações de valorização e registro documental dos saberes e fazeres da cerâmica – categoria artesanal à qual elas se dedicam –, o “Livro da Argila, Ëliwë Pampila, Orino Papeh” teve o seu conteúdo discutido e estabelecido em uma série de oficinas realizadas entre 2014 e 2016 por iniciativa da Associação dos Povos Indígenas Wayana e Aparai (APIWA), em parceria com o Iepé, como estratégia para garantir a transmissão oral e prática dos conhecimentos das ceramistas experientes a um grupo mais amplo de jovens, extrapolando o contexto da aldeia e das relações familiares. Durante os encontros, os autores e pesquisadores indígenas – creditados no início do livro – realizaram ilustrações e documentação fotográfica, produziram textos nas línguas wayana e aparai, e, posteriormente, as transcrições e correções. “O Livro da Argila, Ëliwë Pampila, Orino Papeh” é resultado, portanto, de um trabalho coletivo de autores e pesquisadores indígenas. O livro está organizado em seis capítulos que abordam temas como o histórico e o atual contexto de vida dos Wayana e Aparai no Brasil, o fundo mítico que subjaz à arte cerâmica destes povos, as técnicas da confecção dos artefatos, os diferentes tipos de recipientes cerâmicos de uso cotidiano ou ritual e as pinturas e grafismos a eles aplicados, além da terminologia wayana e aparai da cerâmica.

Realização:

logo_iepe

Parceria institucional:

Penacho-funai-logo_APIWA

Login Form