Iepé, Greenpeace e WWF organizam Encontro Regional de Proteção de Áreas Marinhas no Amapá

Em pauta estiveram a criação de Resex Marinha da Costa do Amapá e a proteção dos Corais da Amazônia

foto: Greenpeace

No último sábado, dia 28 de abril, aconteceu o Encontro Regional de Proteção de Áreas Marinhas no porto de Santana, no Amapá. A bordo do navio Esperanza, do Greenpeace, as instituições organizadoras, pesquisadores, órgãos do governo, pescadores artesanais, lideranças indígenas e assessores parlamentares se reuniram para construir uma aliança para a proteção dos corais da Amazônia e da costa do Amapá.

Em pauta estiveram a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) dos Corais, as pesquisas que vêm sendo realizadas na região, e que oferecem subsídios para as estratégias de preservação, e os encaminhamentos para a criação de uma Reserva Extrativista (Resex) Marinha na costa do Amapá.

De acordo com estimativas atuais, a região costeira do Amapá é detentora de um dos maiores recifes de corais do mundo, com extensão de 56 mil hectares, nos quais são encontradas espécies de corais presentes também no Caribe, o que indica que estes ambientes costeiros-marinhos estejam interconectados. Além disso, nos 464 quilômetros de extensão da costa do Amapá, quase toda coberta por manguezais, encontra-se uma enorme riqueza biológica. A criação da APA dos Corais e da Resex são fundamentais para proteger a biodiversidade local de ameaças como a possibilidade de exploração de petróleo na região dos corais e a pesca industrial, que com seus grandes barcos excede os limites de captura na costa, prejudicando os pescadores artesanais locais, e levando para outros estados e países o recurso pesqueiro do Amapá que deveria estar contribuindo com desenvolvimento, empregos e impostos para a economia do estado.

O cacique Gilberto Iaparrá, presidente do Conselho dos Caciques dos Povos Indígenas do Oiapoque (CCPIO), juntamente com dez outros representantes indígenas do Oiapoque estiveram presentes no barco e declararam seu apoio a luta das colônias de pesca do litoral do Amapá na busca da proteção do seu território ao presidente da Colônia de Pescadores do Oiapoque, Julio Garcia Teixeira.

Em parceria com a WWF e o Greenpeace, o Iepé vem dando apoio às comunidades locais nos encaminhamentos necessários para a criação da Resex na região.

Deixe um comentário


Login Form