1ª Expedição de Diagnóstico Socioambiental na Terra Indígena Nhamundá/Mapuera do PDPI_Apitikatxi em parceria com Iepé, Associações Indígenas e Funai

De 24 de junho a 10 de julho de 2014 foi realizada a primeira de cinco expedições diagnósticas nos principais rios das quatro Terras Indígenas que fazem parte do Projeto financiado pelo PDPI/MMA “Construindo nossos PGTAs: mobilização e diagnóstico socioambiental nas TIs Parque do Tumucumaque, Paru d’Este, Trombetas/Mapuera e Nhamundá/Mapuera”.

Esse projeto tem a APITIKATXI (Associação dos Povos Tiriyó, Kaxuyana e Txikiyana) como proponente, dentro de uma parceria com as demais Associações representativas dessas TIs: APIWA (Associação dos Povos Wayana e Aparai), APIM (Associação dos Povos Indígenas do Mapuera), APITIMA (Associação dos Povos Indígenas da TI Mapuera), CGPH (Conselho Geral dos Povos Hixkariyana) e APIW (Associação dos Povos Wawai).

O Iepé (Instituto de Pesquisa e Formação Indígena), com apoio da Fundação Moore, e a FUNAI também são parceiros na execução deste projeto, juntamente com as Associações Indígenas envolvidas. Nessa primeira expedição foram realizadas três oficinas diagnósticas: a primeira ocorreu na aldeia Riozinho, na margem amazonense do rio Mapuera, reunindo os moradores da própria aldeia e de oito aldeias vizinhas (Cachoeira Porteira, Jutaí, Cafezal, Matrinxã, Gavião, Torre, Cupiúba e Belontra). A segunda ocorreu na aldeia Kassawa, também situada na margem amazonense do rio Nhamudá, na divisa com o Pará; e a terceira foi realizada na aldeia Santa Maria, reunindo também os moradores da aldeia Bacaba, ambas no rio Jatapu, no estado do Amazonas. Algumas aldeias que participaram das oficinas dessa primeira expedição encontram-se fora dos limites da TI Nhamundá/Mapuera, mas foram convidadas a participar por serem reconhecidas como parte do conjunto populacional relacionado à TI Nhamundá/Mapuera, que compreende principalmente os povos Hixkariyana, Kaxuyana, Xerew, Xowyana e Waiwai.

Participaram desta primeira expedição Enoque Hixkariyana (presidente da CGPH), Jonas Hixkariyana (CTL Nhamundá/Funai), Iori Linke (biólogo, FPEC/Funai), Denise Fajardo, Marina Minari e Evandro Bernardi (Iepé), Ruben Caixeta/UFMG, Maria Luisa Lucas/MN e Cecilia de Oliveira/USP. As equipes que conduzem essas expedições diagnósticas são formadas por um representante da Associação Indígena local, de preferência seu presidente; um representante da CTL (Coordenação Técnica Local) da FUNAI; um representante da FPEC/FUNAI (Frente de Proteção Etnoambiental Cuminapanema); antropólogos e assessores ambientalistas/indigenistas (da equipe de antropólogos e assessores ligados ao Iepé).

A metodologia das oficinas foi discutida e elaborada por essa equipe e testada em campo, durante a 1ª oficina diagnóstica na aldeia Riozinho de 24 a 28 de junho de 2014. A mesma compreende um roteiro de levantamento de informações e de mapeamento participativo a ser seguido em cada oficina, contando-se com o maior número e variedade possível de moradores (homens, mulheres, jovens, idosos, crianças). Após a conclusão de cada expedição, a equipe responsável elabora um relatório completo das informações (qualitativas e quantitativas) e dos mapeamentos realizados, de modo a organizar os resultados de cada diagnóstico, para que ele possa ser apresentado nas reuniões de discussão e planejamento dos mesmos.

Estas reuniões ocorrerão no âmbito de uma contrapartida do Iepé, com apoio da Fundação Moore. Ambas atividades, diagnósticas e reuniões de planejamento estão assim programadas:

1ª Expedição diagnóstica – Rio Nhamundá (AM): 24 a 10/07/2014
Reunião de Planejamento do diagnóstico do Nhamundá: 22 a 26/09/2014

 

2ª Expedição diagnóstica – Rio Paru de Leste (PA): 11 a 29/08/2014
Reunião de Planejamento do diagnóstico do Paru de Leste: 10 a 14/11/2014

 

3ª Expedição diagnóstica – Rio Jatapuzinho (RR): 25/08 a 06/09/2014
Reunião de Planejamento do diagnóstico do Jatapuzinho: 29/09 a 03/10/2014

 

4ª Expedição diagnóstica – Rio Mapuera (PA): 10 a 30 de setembro
Reunião de Planejamento do diagnóstico do Mapuera: 24 a 28/11/2014

 

5ª Expedição diagnóstica – Rio Paru de Oeste/Marapi: 29/09 a 10/10/2014
Reunião de Planejamento do diagnóstico do Paru de Oeste/Marapi: 27 a 31/10/2014

Deixe um comentário


Login Form