Oficina sobre legislação indigenista para organizações indígenas no Amapá

Durante os dias 24 a 26 de outubro o Iepé realizou, em Macapá, nas instalações do Ponto de Cultura, uma oficina sobre legislação indigenista para representantes das organizações indígenas no Amapá, voltada para o estudo das propostas de revisão do Estatuto do Índio, que encontra-se em tramitação no Congresso Nacional. Participaram 25 integrantes das organizações indígenas Conselho das Aldeias Wajãpi – Apina, Associação dos Povos Indígenas Tiriyo, Kaxuyana e Txikuyana (Apitikatxi), Associação dos Povos Indígenas do Oiapoque (APIO), Organização dos Professores Indígenas do Oiapoque (Opimo), Associação dos Povos Indígenas do Tumucumaque (Apitu) e Associação dos Povos Indígenas Wajãpi do Triângulo do Amapari (Apiwata), representando a totalidade dos povos da região do Amapá e norte do Pará. A oficina integra um programa de formação que o Iepé vem desenvolvendo junto as organizações indígenas dessa região, com apoio da Embaixada da Noruega.

Esta oficina, ministrada pelo antropólogo Luis Fernando Pereira, da equipe do Iepé, teve também como objetivo subsidiar os representantes indígenas do Amapá e norte do Pará que participarão da Oficina Regional para as discussões do novo Estatuto dos Povos Indígenas, em Belém (PA), nos dias 28, 29 e 30 de outubro, promovida pela Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI). A oficina foi marcada pela intensa participação de todos os representantes, interessados em elaborar pautas e propostas concretas que pudessem ser levadas à Oficina da CNPI em Belém.

Deixe um comentário


Login Form