10ª reunião do Mosaico da Amazônia Oriental em Laranjal do Jari

No período de 6 a 8 de dezembro aconteceu no município de Laranjal do Jari (AP), a X Reunião do Conselho Consultivo do Mosaico de Áreas Protegidas da Amazônia Oriental.

A pauta da reunião incluiu assuntos como o monitoramento da Biodiversidade do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT), a expedição do Projeto Impacto do Mercúrio em áreas protegidas na Amazônia oriental e ações do projeto de Educomunicação.

O cientista ambiental e consultor do projeto de Educomunicação, Marcos Pinheiro, apresentou aos conselheiros um estudo sobre o Mosaico, no qual trás subsídios para a elaboração de um Plano de Proteção. Durante o evento foi feito uma dinâmica com os conselheiros, que identificaram os benefícios, ameaças e fragilidades do Mosaico da Amazônia Oriental.

O Conselho Consultivo é uma entidade para acompanhar e apoiar a gestão territorial das áreas protegidas do oeste do Amapá e norte do Pará, envolvendo os povos que moram nestas áreas e no seu entorno. Possui 30 cadeiras compostas por extrativistas, agricultores assentados, representantes dos povos indígenas Wayana, Aparai, Katxuyana, Tiriyó e Wajãpi e gestores das Unidades de Conservação.

Criação – O Mosaico da Amazônia Oriental é um canal de informação e diálogo entre todos os que vivem dentro e no entorno das áreas protegidas e abrange parte do Planalto das Guianas, região reconhecida pela rica biodiversidade e diversidade sociocultural. Possui mais de 12,3 milhões de hectares e é formado por três Terras Indígenas (TI) e seis Unidades de Conservação (UC). Foi reconhecido em 2013 pelo Ministério do Meio Ambiente com o nome de Mosaico do Oeste do Amapá e Norte do Pará.

As Áreas Protegidas que compõe o Mosaico da Amazônia Oriental são: Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, Floresta Nacional do Amapá, Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru, Floresta Estadual do Amapá, Parque Natural Municipal do Cancão, Reserva Extrativista Beija-Flor Brilho de Fogo, Terra Indígena Wajãpi, Terra Indígena Parque do Tumucumaque e Terra Indígena Rio Paru D’Este.

A X Reunião Ordinária do Conselho Consultivo é pelo Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), e contou com o apoio das Organizações Não Governamentais WWF Brasil, Rainforest Foundation Noruega e Gordon and Betty Moore Foundation.

Fotos: Decio Yokota e Wirley Almeida
Alessandra Lameira
Assessora de Comunicação/Mosaico da Amazônia Oriental

Deixe um comentário


Login Form